quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Ironia

(ou uma homenagem à Rebeca)

Assistindo certa vez um ato maldoso de um garoto, uma mulher se vira para uma menininha e comenta sarcasticamente:
- Nossa! Como ele é legal!
A menina estarrecida arregala os olhos diante do comentário, virando-se para a mulher com um grande ponto de interrogação no rosto. Imediatamente, esta tenta consertar dizendo:
-Não! O que ele fez não é legal!
Prontamente, a menina conclui:
-Então você mentiu.
Desconcertada a mulher se cala, pensando: “A ironia não é para os puros”.