domingo, 1 de abril de 2007

O que não é mentira!

Todo mundo marca datas especiais em sua vida. Aniversário de nascimento, namoro, casamento e assim vai. Nunca fui muito boa com datas, por isso já cometi erros terríveis como esquecer aniversário de gente muito querida. (E continuo fazendo isso, ops!)
Mas tem uma data que tem ficado marcado na minha mente. O dia de hoje: primeiro de abril, o dia da mentira. Foi exatamente nessa data, há três anos atrás, que me mudei pra Fortaleza.
Posso dizer que essa etapa é mais um marco em minha vida. Gosto de pensar na vida assim, em marcos que nos são dados ao longo do percurso. E a vinda para cá tem um gostinho especial, gostinho de promessa cumprida.
Há dez anos atrás, num tempo em que eu estava fazendo um estudo bíblico sobre fé e visão, Deus colocou no meu coração uma convicção de que um dia eu me mudaria para Fortaleza. Os anos se passaram e acabei me esquecendo disso. Em 2003 fui convidada para vir morar aqui na terra do Sol. Confesso que estava até meio em dúvida, quando lembrei desse fato que havia me acontecido há 7 anos atrás, quando eu nem imaginava como isso sucederia. Mas eu tinha registrado no meu caderno de estudo esse sonho plantado no meu coração. Deus tinha prometido, Deus estava cumprindo.
Agora três anos depois, posso ver o quanto Deus me deu nesse tempo. E o mais precioso de tudo são os amigos maravilhosos que aqui tenho feito. Eles têm me ajudado a ocultar com amor as mentiras a respeito de mim mesma que muitas vezes brotam no meu coração. Essas pessoas têm me ajudado a ver o quanto Deus me ama e me aprecia através de seus olhares, de seus toques e de suas palavras. O meu louvor a Deus por esse presente e meu agradecimento aos meus amigos daqui por tornar esse tempo tão especial. Isso tem sido verdadeiro!