sexta-feira, 16 de março de 2007

"Futuro de uma delicadeza

- Mamãe vi um filhote de furacão, mas tão filhotinho ainda, tão pequeno ainda, que só fazia mesmo era rodar bem de leve umas três folhinhas na esquina..."

Lispector, Clarice. Para não esquecer Rio de Janeiro: Rocco, 1999

Um comentário:

Dri Dantas disse...

Que percepção poética do cotidiano. Eu admiro essa mulher...